Facebook Twitter Google+ email



Idosa de 92 anos mata o filho por não querer ir para asilo


Esta postagem foi publicada em 5 de julho de 2018 Notícias em Destaque.

Foto:Reprodução/Maricopa County Sheriff’s Office

‘Você tirou minha vida, então eu estou tomando a sua’, afirmou a idosa

Anna Mae Blessing, uma idosa de 92 anos, foi acusada de ter assassinado seu filho, Thomas Blessing, de 72 anos porque não queria ser enviada para um asilo. O caso aconteceu no Arizona, Estados Unidos.

Anna Mae teria atirado várias vezes contra Thomas. A namorada dele, que encontrava-se na sala no momento do ocorrido, afirma ter ouvido a idosa falar que estava cansada da maneira como era tratada.

Após atirar no filho, a idosa ainda teria atirado contra a namorada da vítima, que lutou contra Anna Mae e tirou sua pistola.

Quando a mulher estava sendo levada pela polícia, ela afirmou para as pessoas no local ‘Você tirou minha vida, então eu estou tomando a sua’, se referindo ao filho morto.

O filho, Thomas Blessing,  levou a mãe para morar com ele e a namorada cerca de seis meses antes da tragédia.

As informações são do Gabinete do Xerife do Condado de Maricopa, no Arizona, Estados Unidos.

Facebook Twitter Google+ linkedin email More

Notícias em Destaque