Facebook Twitter Google+ email



Morre, aos 49 anos, ator que viveu Mini-me em ‘Austin Powers’


Esta postagem foi publicada em 21 de abril de 2018 Notícias em Destaque.

Foto: Reprodução/Instagram

Verne Troyer, sofria de depressão e alcoolismo, teve a notícia do seu falecimento divulgada neste sábado (21), nos Estados Unidos

Aos 49 anos, morreu o ator Verne Troyer, conhecido por viver Mini-Me, na série de filmes Austin Powers.

 

A notícia foi anunciada na tarde deste sábado (21), no perfil oficial do artista no Facebook. Segundo o texto, a família pede por privacidade neste momento de tristeza e sugere aos fãs, que ao invés de comprarem flores em homenagem a ele, façam doações à instituições de caridade.

 

Verne lutava contra as drogas e a depressão, chegando a ficar internado algumas vezes em clínicas de reabilitação. Em 2017, ele foi hospitalizado por conta do abuso de álcool. De acordo com o TMZ, ele foi internado em um hospital em Fernando Valley, na Califórnia, e ficou mais de uma semana. Com 81cm, Troyer atuou nos longas Austin Powers: O Agente ‘Bond’ Cama (1999) e Austin Powers em o Homem do Membro de Ouro (2002).

Confira o comunicado na íntegra

Verne Troyer (Foto: Reprodução/Facebook)

“É com grande tristeza e corações incrivelmente pesados para escrever isso: Verne faleceu hoje. Verne era um indivíduo extremamente carinhoso. Ele queria fazer todos sorrirem, serem felizes, e sorrir. Ele ajudava todos que precisavam. Espero que Verne tenha feito uma boa passagem para espalhar todo a mensagem dele. Ele inspirou as pessoas ao redor do mundo com sua conduta, determinação e atitude. Em filmes de cinema e televisão, comerciais, na comic-con e aparições pessoais para seus próprios vídeos do youtube, ele estava lá para mostrar a todos o que ele era capaz de fazer. Apesar da sua altura. Era pequeno e seus pais muitas vezes se perguntavam se ele seria capaz de alcançar e abrir portas sozinho em sua vida, agora ele foi para abrir mais portas, para si e para os outros. Ele também tocou mais corações do que ele imaginava. Verne também era um lutador quando chegou às suas próprias batalhas. Sobre o anos ele lutou e ganhou, lutou e venceu, lutou e lutou mais um pouco, mas infelizmente desta vez foi demais. Durante este recente período de adversidade, ele foi batizado enquanto cercado pela família dele. A família agradece e pede privacidade no luto. A depressão e o suicídio são questões muito sérias. Nunca se sabe o que tipo de batalha que alguém está passando por dentro. Seja gentil com outro. E nunca é tarde demais para falar com alguém, pedir ajuda. Em vez de flores, sinta – se à vontade para fazer uma doação nas duas instituições de caridade favoritas do Verney”.

 


Verne Troyer como Mini-Me na franquia 

 

Verne Troyer (em cena com Daniel Radcliffe) como o duende Griphook

em Harry Potter e a Pedra Filosofal(Fotos: Reprodução) 

Revista Quem

Facebook Twitter Google+ linkedin email More

Notícias em Destaque