Facebook Twitter Google+ email



Vídeo : Canal de dança “Hermanos Oficial” agita a Fronteira e estoura na web com dança frenética


Esta postagem foi publicada em 13 de janeiro de 2018 Agenda de Eventos, Vídeos.

A população Bela-vistense está convidada a fazer aula experimental e conhecer o trabalho

Divulgação: Dora Nunes

Conversamos com os irmãos Paulo Amaral (25) e Everton Amaral (18) na agradável residência da senhora Leila Pinheiro, eles são os criadores do canal de dança “Hermanos Oficial” na rede mundial de computadores – YouTube. Um bate papo super agradável e descontraído, com dois jovens que tem o mesmo sonho, levar alegria e conscientização através da dança.

“Tudo começou numa bela tarde de domingo na Princesa do Apa, a idéia veio, o sonho começou, a brincadeira de dois irmãos se tornou seria, aos poucos o reconhecimento esta chegando, a dança esta sendo usada como ferramenta para levar uma mensagem muito importante – quem dança seus males espanta com esse pensamento o canal já recebeu mais de 30 mil visualizações no You Tube em apenas quatro meses.

Vídeo

A diferença é a atenção que eles vêm recebendo dos internautas e surpreendente: a media de visualizações nos vídeos publicados é de oito mil para cima. Com a musica do MC Nando DK & Jerry Smith – Troféu do ano – os dançarinos fazem sucesso na web, e arranca suspiro dos amantes da dança.

Começo

De acordo com os irmãos, começamos do zero com pouco recurso á quatro meses com uma dança que gravamos e postamos no you tube, meu irmão Everton Amaral e eu, com reações positivas decidimos continuar, foi muito bacana as pessoas nos incentivando.

Criamos o canal; Hermanos Oficial, um canal de dança e musica voltado para todos os públicos. Canal em ascensão está com mais de 30 mil visualizações no you tube e uma media de cinco mil views por vídeo.

Equipe

Hoje além de convidados temos uma equipe fixa que trabalha conosco. Alexandre Rodrigues (fotografo e filmagem), Isadora Ortiz (edição), Liz Vanessa (dançarina), Gabriel Freitas (dançarino) Ingrid Freitas (coreografa e dançarina), Everton Amaral e Paulo Amaral – fundadores do canal.

Sonho da dança foi além dos vídeos, através da Fernanda Mesquita (professora de zumba) recebemos o convite de fazer aula de dança e zumba para aprimorar a técnica. Com passar dos meses o amor pela dança cresceu. Com a mudança para outro estado Fernanda deixou a missão de continuar as aulas com a turma por ela formada, ai a coisa ficou mais seria, com seriedade e responsabilidade estamos dando conta do recado, conta Paulo Amaral.

Dança

Ingrid Freitas (professora de zumba) e Paulo Amaral (professor de ritmos), juntos dão aula de zumba e danças coreografadas. O foco das aulas é misturar dança e ginástica, que elimina centenas de caloria, turbina a saúde, o humor e a disposição.

Transformação

A dança, além de ser a maior parte do meu dia, não modificou apenas o meu corpo na forma de aprender a dançar, mas ela mexe com a cabeça da pessoa, o jeito que passamos a ver as coisas, a forma com que o homem trata uma dama, porque tudo muda. A dança me modificou muito, a pessoa que eu era antes e a pessoa que eu sou hoje. Eu vejo que a cada ano que passa as mudanças só aumentam. Quando uma pessoa busca a aprender a dançar, ela vai melhorar em todos os aspectos da vida dela, comentou Paulo Amaral.

Grande incentivadora a tia Leila Pinheiro não esconde a admiração pelo talento dos sobrinhos, afirmou “O contato com a dança e as manifestações culturais pode se limitar ao entretenimento e lazer ou ir além: servir como instrumento de expressão social e construção da identidade, promoção da inclusão social, resgate de tradições culturais e sensibilização para o aprendizado. Além disso, pode até se transformar em profissão e geração de renda. Eles descobriram no envolvimento com a dança uma forma de ampliar horizontes e transformar a realidade e a vida bem mais alegre”, comentou Leila.

De acordo com Everton Amaral “A idéia é realmente fazer um trabalho de mudança e resgate social e principalmente cultural. Com essa filosofia, objetivamos atingir mais e mais pessoas. A dança pode ser a chave para esse resgate, mesmo com as dificuldades que encontramos em atuar no mercado cultural, nossa idéia e levar através da dança um pouco mais de alegria e prazer às pessoas”, comentou o jovem dançarino.

Apresentação

Além disso, fazemos apresentação em aniversários de 15 anos, casamentos, formaturas e festas em geral.

Fazemos um convite a população Bela-vistense fazer aula experimental e conhecer nosso trabalho. Estamos no GRAJ na segunda feira, quarta-feira e quinta-feira, as 19:00 as 20:00 horas. Todos são muito bem vindos. Telefone para contato: 99948-3191

Ademir Mendonça – Fronteira news

Facebook Twitter Google+ linkedin email More

Notícias em Destaque