Facebook Twitter Google+ email



Jair destaca desafio de estrear num clássico contra o Palmeiras


Esta postagem foi publicada em 8 de setembro de 2018 Esportes, Futebol.

Jair fará estreia pelo Corinthians contra o Palmeiras neste domingo (Foto: Djalma Vassão/Gazeta Press)

Sem apresentar grandes atuações e, consequentemente, resultados nos últimos jogos, o Corinthians decidiu trazer um novo comandante para a sequência da temporada. O nome escolhido foi o de Jair Ventura, que foi oficializado na quinta-feira e já fez o seu primeiro treinamento no clube na última sexta.

Mesmo com pouquíssimo tempo para trabalhar, o novo comandante não vai fugir da responsabilidade, e já irá estrear pela sua nova casa neste final de semana, quando o Timão encara o seu maior rival, o Palmeiras, fora de casa. Apesar do desafio ser grande, o jovem treinador de 39 anos já comanda no clássico e deixou claro o seu gosto por encarar estes obstáculos.

“Jogo grande. O treinador acaba precisando trabalhar muito pouco emocionalmente com o grupo, porque eles já entendem que é um jogo diferente. Sabemos da responsabilidade do jogo, mas é a vida do treinador. Chegar e disputar um grande clássico contra um grande treinador, que vem apresentando um bom trabalho. Mas vamos para lá com o pensamento de fazer um grande jogo. Não podemos fugir da responsabilidade. Seria fácil eu chegar e me ausentar para deixar a maré passar. Mas gosto de desafios, e vamos encarar como um enorme desafio esse clássico”, declarou Jair.

No histórico recente entre os clube, o Timão vem apresentando um sequência muito positiva diante do rival alviverde. Nos últimos sete jogos, são seis vitórias alvinegras, contra apenas uma do Palmeiras, além das conquistas do Campeonato Brasileiro do ano passado e Paulista desse ano, que o rival acabou como vice do Corinthians. Mesmo assim o novo técnico ressaltou que tudo isso deve ficar de fora do campo.

“Acho que o clássico é sempre um campeonato à parte. Mas não podemos deixar isso extrapolar. Porque nós somos profissionais, exemplos para a torcida. Quando a bola começa a rolar não existe essa de histórico e tudo mais. Mas temos que ter consciência que quando jogamos um clássico você sempre poderá entrar para a história, tanto do lado positivo como no lado negativo. Todo mundo sabe da responsabilidade”, avaliou.

Quanto ao time que deve ir a campo no domingo, Jair deu mostras no treino da última sexta-feira que deve optar por utilizar a força máxima no clássico. O comandante ainda comandará uma atividade com o grupo neste sábado para finalizar a preparação para o duelo, porém a imprensa não será liberada para acompanhar a movimentação.

Facebook Twitter Google+ linkedin email More

Nenhuma banner para exibir

Notícias em Destaque