Facebook Twitter Google+ email



Gabigol marca, Flamengo supera altitude e vence o San José na estreia da Libertadores


Esta postagem foi publicada em 5 de março de 2019 Futebol, Slide Topo.
Gabigol comemora o gol do Flamengo sobre o San José-BOL – Alexandre Vidal / Flamengo

 

Bolívia – No último dia de Carnaval, o Flamengo prolongou a festa dos foliões rubro-negros com a estreia com pé direito na Libertadores. Gabigol garantiu a vitória por 1 a 0 sobre o San José-BOL, nesta terça-feira, no Estádio Jesús Bermúdez. Na altitude de 3.700 metros de Oruro, o Rubro-Negro quebrou o jejum de vitórias como visitante em estreias na competição que disputa pela 15ª vez.

Sob o olhar atento do torcedor presente no estádio, o Flamengo repetiu a escalação usada na vitória de 2 a 1 sobre a Portuguesa, pela Taça Rio. Com Arrascaeta titular, Everton Ribeiro iniciou o jogo no banco. Mesmo com uma postura mais defensiva, a equipe dirigida por Abel Braga não conseguiu evitar os efeitos da altitude.

A dificuldade para se adaptar ao tempo de bola e administrar o fôlego sobrecarregaram a defesa, principalmente pelos lados do campo. No quesito defesa, a nota de Diego Alves poderia deixar Oruro com uma nota 10. Nos piores momentos, o goleiro se fez presente com difíceis defesas nos chutes de pequena e média distância. Velozes, Rodrigo Caio e Léo Duarte tiveram uma participação de destaque.

Na frente, o Flamengo pouco criou. No primeiro tempo, a finalização de longa distância de Diego foi a jogada de maior perigo no primeiro tempo. O desgaste da altitude parece não ter incomodado o inquieto e incansável Bruno Henrique.

De Santos, ele trouxe o entrosamento de cada passo dado por Gabigol em campo. Aos 14 minutos do segundo tempo, o camisa 27 descolou um preciso passe para deixar o atacante cara a cara com o goleiro Lampe para abrir o placar em Oruro. Do chutão de Willian Arão, Gabigol perdeu uma ótima chance de aumentar a vantagem em jogada parecida.

Com Ronaldo e Vitinho no lugar de Diego e Bruno Henrique, Abelão tentou reequilibrar o fôlego da equipe. Com garra, o Rubro-Negro superou as adversidades e confirmou a valiosa vitória na estreia na Libertadores.

O dia

Nenhuma banner para exibir

Notícias em Destaque