Facebook Twitter Google+ email



Giro Brasil : Com esperanças de que filha ressuscitasse, mãe suspende velório


Esta postagem foi publicada em 6 de janeiro de 2019 Notícias Extras 4, UFC.

Familiares de uma jovem de 23 anos – identificada como Jéssica Lima – interromperam o seu velório na nessa sexta-feira (4) por acreditarem que ela ainda estaria viva. O caso foi registrado no município de Delmiro Gouveia, no Sertão de Alagoas.

De acordo com testemunhas, familiares de Jéssica retiraram seu corpo do caixão e colocaram sobre a cama em um dos quartos da residência onde estava ocorrendo o velório.

A suspeita da família de que Jéssica não teria morrido se deu após os irmãos da jovem terem dito que o corpo dela estava quente e que a mesma teria se mexido.

Jéssica Lima passou mal no último dia 23 de dezembro, em Delmiro Gouveia, e ficou internada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade. Depois a jovem foi transferida para um hospital em Palmeira dos Índios, onde faleceu nessa quinta-feira (3).

Testemunhas disseram ainda que na certidão de óbito da jovem a causa mortis seria por fator indeterminado e que uma mulher evangélica teria chegado ao velório dizendo que a jovem ressuscitaria neste sábado (5). Após o fato, diversas pessoas começaram a se aglomerar em frente à residência e a polícia preciso intervir e um médico foi enviado ao local para examinar novamente o corpo.

O doutor Petrúcio Bandeira, que responsável pelo exame, informou aos pais que Jéssica estava morta. A mãe da jovem, porém, resolveu aguardar até o amanhecer para enterrar a jovem.

Alagoas 24 horas

Nenhuma banner para exibir

Notícias em Destaque