Facebook Twitter Google+ email



Homem é encontrado morto em lavoura alvo de ao menos 10 tiros na região de fronteira


Esta postagem foi publicada em 29 de janeiro de 2019 Notícias Barra Lateral 2.

O corpo de um homem foi encontrado na manhã desta segunda-feira, dia 28 de janeiro, em uma lavoura de soja ao lado da Linha Internacional, entre Brasil e Paraguai, alvo de pelo menos 10 tiros de dois diferentes calibres, conforme a Polícia Civil. Moradores ainda relataram que na noite de domingo (27), ouviram os disparos na região onde o corpo foi encontrado, às margens de uma estrada de terra que divide o Paraguai de Mato Grosso do Sul.

“As testemunhas disseram que ouviram a troca de tiros por volta das 23 horas. A vítima foi atingida por pelo menos 8 tiros de calibre 9mm e dois tiros de calibre 12mm”, comentou o delegado de Aral Moreira, Eduardo Ferreira de Oliveira.

A perícia fez os levantamentos no local e, no momento, está focada em tentar descobrir a identidade do homem.

Matança

O corpo foi encontrado perto da Colônia Cerro Quatiá, que fica entre as cidades de Aral Moreira e Coronel Sapucaia, mas em território paraguaio. Na mesma estrada, mas a alguns quilômetros do local, foi encontrado morto na manhã desta segunda-feira (28) o comerciante brasileiro Jorge Donizete da Silva, dono de uma olaria no distrito de Vila Marques, a 10 km de Aral Moreira.

Ele foi assassinado dentro de uma pick-up Fiat/Strada e a polícia suspeita de latrocínio (roubo seguido de morte). A pick-up estava parada na estrada de terra.

Dourados News

Nenhuma banner para exibir

Notícias em Destaque