Facebook Twitter Google+ email



Iludido, paulista gasta o que tinha com mulher que mora no Amazonas e depois descobre que ela é ‘171’


Esta postagem foi publicada em 31 de janeiro de 2018 Carrossel de Notícias Topo, Destaque inicial 3.

Foto: Divulgação

Aposentado depois de um acidente, Alexandre começou a ajudar Kerolayne Brito, que afirmava está passando por necessidades com sua filha em Manaus

Alexandre Muniz, 42, morador de São Paulo, foi vítima de um golpe que trouxe para si problemas emocionais, financeiros e sentimentais, segundo ele.

 

Na capital paulista, ele participava de um movimento cristão denominado “Missão Belém”, que tem o objetivo de reestruturar e dar uma nova chance para dependentes químicos que moram na Cracolândia, no Centro da cidade, até que conheceu, por meio das redes sociais, a amazonense Kerolayne Brito Alves, 23, no início de 2017, que dizia ter uma filha com problemas de saúde.
Aposentado depois de um acidente, Alexandre começou a ajudar Kerolayne Brito, que afirmava está passando por necessidades com sua filha em Manaus.

 

Ele então começou a depositar em sua conta cerca de R$ 300 por mês para ajudar nos cuidados da criança, mesmo sem conhecer fisicamente nenhuma das duas.
A conversa diária dos dois, por meio da internet, evoluiu para um relacionamento a distância.

 

Kerolayne utiliza uma foto de quando era mais nova

no seu perfil de WhatsApp para seduzir os homens

 

Depois de algum tempo de relacionamento virtual, Kerolayne contou que a mãe teria um terreno para eles construírem uma casa em Carauari (distante a 790 quilômetros de Manaus), onde moram.

 

Envolvido, Alexandre passou a depositar, rotineiramente, dinheiro em contas de parentes de Kerolayne para ser levantada a estrutura do imóvel.

 

Além disso, o aposentado comprou celular, carrinho de bebê e outros objetos para Kerolayne, enquanto ela enviava fotos da casa sendo feita.

 
Em outubro de 2017, Kerolayne ligou desesperada para Alexandre dizendo que sua filha teve uma parada cardíaca e necessitava de mais R$ 1 mil para fazer uma raspagem no pulmão no Pronto-Socorro da Criança Joãozinho, em Manaus, e ele então depositou o dinheiro.

 

Logo depois disso, Kerolayne somiu e Alexandre não conseguiu mais entrar em contato.
A descoberta da farsa
Após a interrupção no contato, Alexandre disse que ficou preocupado e começou a publicar avisos nos jornais de Manaus à procura da namorada.

 

Não demorou muito para ele começar a receber telefonemas de algumas pessoas dizendo que Kerolayne nunca morou em Manaus e que não tinha filha com problemas cardíacos.

 

Essa é Kerolayne atualmente, moradora do

município de Carauari, no interior do Amazonas

Sem acreditar na história, ele ligou para o hospital Joãozinho para saber a situação da filha de Kerolayne, e descobriu a farsa.

 

Revoltado, ele conseguiu publicar uma notícia a respeito do golpe que havia sofrido num jornal de Carauari, o que fez com que Kerolayne entrasse em contato com ele e o convecesse a viajar até a sua cidade para conhecê-la.

 

Ao chegar no município, o aposentado foi abandonado por ela, ficando literalmente na rua.

 

Com ajuda da dona de uma pousada e do dono da padaria do município, Alexandre conseguiu voltar para São Paulo se sentido traído e com uma dívida de mais de R$ 6 mil.
Ações que Alexandre irá tomar

 

Alexandre Muniz mora atualmente em casa de parentes no interior de

SP e está tentando se restabelecer, mas ainda possui

várias dividas  por causa de Kerolayne (Fotos: Divulgação)
Alexandre Muniz disse que vai entrar na Justiça contra ela por estelionato e está tentando reaver todo o dinheiro que gastou com Kerolayne.
Ele aguarda uma decisão favorável da Justiça.

Portal do Zacarias

Facebook Twitter Google+ linkedin email More

Nenhuma banner para exibir

Notícias em Destaque