Facebook Twitter Google+ email



Mulher mata com 185 facadas marido que a obrigava a se prostituir


Esta postagem foi publicada em 14 de março de 2019 Destaque inicial 5, Slide Topo.
 
Foto: Reprodução Twitter

A acusada, Paola Córdoba, de 38 anos, e uma filha do casal de nome Milagros, de 18 anos, foram detidas pela polícia local.

A acusada, Paola Córdoba, de 38 anos, e uma filha do casal de nome Milagros, de 18 anos, foram detidas pela polícia local. Paola é acusada de assassinar com 185 facadas o marido Alberto Naiaretti, de 46 anos. A polícia suspeita da participação da filha do casal, Milagros, no crime que aconteceu no último sábado em uma casa na cidade de José C. Paz. Alberto era dono de um armazém e de um lava-jato. Além de Milagros, o casal tem outros três filhos, um de 13 anos, um de 9 e o mais novo de 6 anos de idade e viviam juntos há mais de 20 anos, de acordo com os investigadores.

Paola Córdoba já havia denunciado o esposo diversas vezes desde 2017 por violência de gênero. A irmã de Paola afirmou à imprensa local que Alberto obrigada a sua irmã a se prostituir, não a deixava dormir e a ameaçava de morte.

— Ele maltratava as crianças, a Paola. Era uma pessoa má. — disse María Córdoba, irmã da acusada.

María recebeu pelo celular uma mensagem de Milagros no sábado em que estava escrito “venha porque mamãe matou o papai”.

Extra Globo

Nenhuma banner para exibir

Notícias em Destaque