Brasil – Nesta semana, um grupo da web está sendo denunciado por usuários da rede, após expor imagens de calcinhas femininas usadas. As publicações são postadas por familiares, vizinhos e até pais das vítimas.

Nas postagens, homens dizem que as meninas são novinhas, “toda melada com cheiro gostoso”. Em outra postagem, um homem compartilha foto da calcinha da própria filha. e ainda pergunta se alguém está afim de trocar ou comprar essas peças íntimas.

O grupo Bau de Calcinha, composto por mais de 5,3 mil pessoas, gerou muita polêmica, pois uma das denunciantes conseguiu aprovação para entrar, com acesso restrito, e fez dezenas de prints em que pessoas aparecem postando imagens de calcinhas com descrição de quem é a dona.

“É um grupo nojento, onde homens nojentos vendem roupas íntimas usadas até mesmo por suas filhas”, relatou uma denunciante. O caso foi compartilhado por diversas pessoas.