Facebook Twitter Google+ email



Professor é espancado ao sair de festa de Réveillon de mãos dadas com homem


Esta postagem foi publicada em 2 de janeiro de 2019 Notícias Barra Lateral 2, Slide Topo.

Um professor de teatro foi agredido após sair de uma festa de Réveillon, na madrugada da última terça-feira (1), de mãos dadas com um rapaz em Guarujá, no litoral de São Paulo. Rafael de Souza, de 31 anos, caminhava acompanhado quando foi abordado, humilhado com xingamentos homofóbicos e agredido com socos no rosto. Até agora ninguém foi preso.

Segundo Souza, com medo, o companheiro se afastou rapidamente enquanto os outros dois suspeitos vieram novamente em direção a ele para continuar os ataques. “Nem tinha me dado conta de que eles estavam ali. Eles vieram me agredir justamente pelo fato de eu estar com um outro homem de mãos dadas”, lamenta.

Assustados, os dois decidiram correr e procuraram ajuda na casa de uma amiga que mora próximo ao local. O professor foi até a Delegacia Sede de Guarujá para registrar boletim de ocorrência, mas o local estava lotado por conta de outras ocorrências de fim de ano, incluindo o caso das cinco pessoas baleadas em um baile funk. Eles foram orientados a voltar nesta quarta-feira (2).

Fonte: G1

Nenhuma banner para exibir

Notícias em Destaque