Facebook Twitter Google+ email



TIO E SOBRINHO SÃO EXECUTADOS A TIROS DE FUZIL NA FRONTEIRA


Esta postagem foi publicada em 4 de setembro de 2018 Destaque inicial 3, Slide Topo.

Pistoleiros executam tio e sobrinho a tiros de fuzil quando transitavam na região do Parque Nacional Cerro Cora a uns 55 kilometros da fronteira.

As vítimas foram identificadas como, Cipriano Ramon Jara Ramos (55) preso no ano de 2015 com mais de duas toneladas de maconha na região da cidade de Yby Yau e seu sobrinho Catalino Ramon Garcia Jara (24) que na tarde de terça feira (04) por volta das 16:20hs, a bordo de uma veiculo da marca GM-Agile, cor vermelho, placa YAP 898 Paraguai, sobre a ruta 5ta na região da colônia Guavira situado a uns 55 kilometros da cidade paraguaia de Pedro Juan Caballero na fronteira com Ponta Porã, onde foram alcançados pelos pistoleiros que realizaram vários disparos de fuzil contra os dois ocupantes do veiculo que faleceram antes mesmo de receber auxílio médico.

Segundo os agentes da Divisão de Homicídios, as vítimas transitavam com destino a cidade de Yby Yau quando nas proximidades do Parque Nacional Cerro Corá, foram alcançados e perseguidos pelos pistoleiros que transitavam a bordo de um veiculo que realizaram mas de 60 disparos de fuzil do calibre 7.62 contra as vítimas faleceram de forma instantânea, agentes da Polícia Técnica apoiados pela promotora de justiça Sandra Dias e pelo médico legista César Gonzalez, que após os procedimentos de rigor encaminharam os corpos ao IML da cidade de Pedro Juan Caballero a espera dos familiares.

a execução dos dois poderia estar ligada a execução de um suboficial da Polícia Nacional e de seu acompanhante no último dia 18 de agosto deste ano, quando um filho do agora executado Cipriano Ramon Jara foi morto a tiros de fuzil nas proximidades de onde hoje ocorreu o fatal ataque.

Relembre o caso

 http://poranews.com/?p=30443

http://poranews.com/?p=30532

Facebook Twitter Google+ linkedin email More

Nenhuma banner para exibir

Notícias em Destaque